Diálogo do Sisepe com Secad já permitiu progressões de 50 servidores em 2024

Sindicato segue intermediando soluções administrativas com o governo e resolvendo pendências que impedem avanço na carreira
12/03/2024 12/03/2024 08:52 649 visualizações

Trabalho do Sisepe-TO (Sindicato dos Servidores Públicos do Estado do Tocantins) já resolveu pendência de centenas de servidores públicos que impediam a progressão na carreira e, por conseguinte, o aumento de renda. Apenas neste ano, já foram 50 servidores que tiveram sua evolução funcional publicadas no Diário Oficial do Estado.

Destas, 31 foram publicadas em fevereiro e outras 19 na sexta-feira, 8 de março. Para ter sucesso, o sindicato vem mantendo um diálogo permanente com a Secad (Secretaria Estadual da Administração). “Essas progressões estavam emperradas por falta de documentos, algum curso que o servidor fez e não havia comprovado, ausência de algum atestado, e outros pequenos problemas de burocracia. Contudo, são servidores que trabalham sério e têm direito a evolução. A equipe da Secad entende isso e nós, como sindicato, estamos fazendo as coisas certas e obtendo os resultados”, ressalta o presidente do Sisepe, Elizeu Oliveira.

No total, desde que começou a atuação direta na questão, já são 900 pessoas beneficiadas.

Dentro do sindicato, o trabalho é coordenado pelo diretor regional do sindicato em Palmas, Cincinato de Souza Luz. Ele, com a equipe da entidade, ajuda os servidores a obter suas progressões, auxiliando como sanar as pendências sobre horas de cursos, notas de avaliação de desempenho faltantes, justifica cessão para outros órgãos, contabiliza licenças entre outras pendências que impossibilitam o avanço na carreira. “A orientação do presidente Elizeu é fazer o máximo para ajudar o nosso filiado”, reforça Cincinato.

O serviço administrativo do Sisepe está disponível para todos os filiados. Os contatos para buscar soluções administrativas para progressões que estão com pendência são (63) 99237-4116 (que também é WhatsApp e atendimento@sisepe-to.org.br. Quem ainda não for sindicalizado, basta se filiar ao Sisepe que passará a ter o serviço à disposição também.